RESPEITO AOS SERVIDORES E À POPULAÇÃO

RESPEITO AOS SERVIDORES E À POPULAÇÃO

RESPEITO AOS SERVIDORES E À POPULAÇÃO

Atenta a garantia de melhorias das condições de trabalho dos Garis, a SAE recentemente realizou uma votação entre seus servidores visando adequações de horário de trabalho. Por unanimidade os Garis optaram por mudar o horário de saída do trabalho que antes se encerrava às 17h passando a ser às 16h. A compensação da carga horária ficou estabelecida no horário de almoço, assim a atividade dos Garis passa a ser das 7h às 11h30 e das 12h30 às 16h.

 

Entre os motivos para a mudança pesou o fato de que a equipe de varrição da SAE ser composta por muitas mulheres que, além de acumular uma dupla jornada por conta de inúmeros afazeres domésticos, tem filhos pequenos em creches e escolas.  O término das atividades às 17h dificultava a busca das crianças nas escolas e, muitos desses funcionários, estudam à noite e podem agora contar com um tempo a mais para se dedicarem aos estudos e a família. 

 

Os varredores suportam uma jornada de trabalho exaustiva, pois faça chuva ou faça sol, há sempre uma faxina a ser feita nas ruas da cidade. Cada um desses funcionários municipais passa oito horas por dia, cinco dias por semana faxinando as ruas e merecem condições adequadas para exercerem essa profissão. Indiscutivelmente, essa atividade é fundamental para a saúde e bem estar de todos na convivência em sociedade.

 

Equipados apenas com vassoura, uma pá, um carrinho duas rodas e um punhado de sacos plásticos recolhem folhas, papel, latas, garrafas, todo tipo de resíduos e detritos que, a população não coloca nas lixeiras existentes nas vias públicas. Muitos não se dão conta, mas, os Garis, são agentes de saúde pública, pois o trabalho varrição das ruas é uma ação imprescindível de saneamento.

Outras Notícias