Finanças, IPMO e SAE fazem apresentação no primeiro dia da Semana de Estudos do Orçamento Público

Finanças, IPMO e SAE fazem apresentação no primeiro dia da Semana de Estudos do Orçamento Público

Finanças, IPMO e SAE fazem apresentação no primeiro dia da Semana de Estudos do Orçamento Público

Começou ontem, 11 e vai até a sexta-feira, 15, a Semana de Estudos do Orçamento Público, promovida pelo Governo Municipal na Câmara Municipal, no período da manhã, que tem como proposta planejar as ações e investimentos para o município em 2015.
Esta Semana de Estudos atende as determinações da Lei de Responsabilidade Fiscal 101/00 e a Lei Municipal nº 5.267/08. Todas as entidades de classe, Associações de Moradores de Bairro, iniciativa privada, Clubes de serviços, bem como a população ourinhense em geral está convidada e pode participar deste momento democrático que vai definir as receitas, despesas e investimentos da cidade para o próximo ano.
No primeiro dia do evento foram expostos as receitas, despesas e investimentos da Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças, IPMO e SAE. O secretário de Planejamento e Finanças Henrique Fittipaldi Junior, iniciou as apresentações e comentou sobre a estrutura da pasta e informou a previsão orçamentária para 2015. 
O Secretário explicou que a receita é a soma de todo o dinheiro que entra no cofre público: IPTU, ISS, Contribuições e Repasses de Impostos Federais e Estaduais. A despesa são os gastos gerais da Prefeitura como salários dos servidores, materiais para os equipamentos públicos, manutenção, energia elétrica e o pagamento de dívidas. Investimento é o desembolso de recursos para aplicação em obras e ampliações (pavimentação asfáltica, iluminação pública, etc). 
Em seguida a apresentação do IPMO demonstrou os valores das despesas e receitas com pensionistas e aposentados. Por fim, a apresentação da SAE teve a demonstração das fontes de receitas da Superintendência e as despesas referente ao material de consumo, energia e aquisição de novos equipamentos para manutenção do tratamento de água e esgoto de Ourinhos. Além disso, também foi apresentado o orçamento para a realização de novos projetos como a perfuração de um novo poço profundo no Aquífero Guarani.


 

Outras Notícias