SAE avança na conquista da Estação de Tratamento de Esgoto

 SAE avança na conquista da Estação de Tratamento de Esgoto

SAE avança na conquista da Estação de Tratamento de Esgoto

Semana passada, o superintendente da SAE Haroldo Adilson Maranho e o chefe da Divisão de Projetos e Fiscalização, Márcio Alexandre T. Rodrigues receberam o projeto estrutural da futura Estação de Tratamento de Esgoto que será construída às margens do Rio Pardo. Este é mais um importante passo para a conquista do financiamento de até R$ 18 milhões, que está sendo pleiteado junto ao Governo Federal, que tem como objetivo modernizar o sistema de tratamento de esgoto e atender as exigências da CETESB (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), cumprindo as diretivas do Selo Verde-Azul. Em 2012, a SAE realizou o Plano Diretor de Esgoto para Ourinhos.
Atualmente, a SAE coleta 98% de todo o esgoto produzido na área urbana da cidade. Os 2% restantes são constituídos por imóveis antigos, impossíveis de serem ligados às redes coletoras por falta de nível dos terrenos. Nestes locais a SAE executa o esgotamento de fossas.
Em razão das características do relevo da área urbana de Ourinhos, a cidade foi naturalmente dividida em duas áreas chamadas: Bacia do Pardo e Bacia do Paranapanema. Foram construídas duas lagoas de estabilização de esgoto, uma às margens do Paranapanema (região sul) e a outra do Rio Pardo (região norte). 
Este sistema de tratamento, que recebe cerca de 87% do esgoto gerado existe há mais de 30 anos. O sistema é monitorado semestralmente pela CETESB.

Outras Notícias